Novo Google Search Console Beta - Relatório de Desempenho

Novo Google Search Console Beta

Olá pessoal de SEO! Finalmente o novo Google Search Console beta chegou ao Brasil! Saiba mais sobre a nova versão desta fundamental ferramenta de SEO.

O Google Search Console (GSC) é uma ferramenta essencial para o profissional de SEO e vem ganhando mudanças no decorrer do tempo, uma delas é seu próprio nome – até maio de 2015, o GSC era chamado de Google Webmasters Tools (GWT), quando o Google anunciou seu novo e atual nome.

A novidade de 2017 (2018 para os brasileiros) é uma repaginada na interface – mais moderna, porém ainda sem todos os recursos. Confira abaixo o que mudou e como dar seu feedback ao Google.

As Mudanças do Google Search Console no Tempo

A ferramenta do Google para webmasters e SEOs, atualmente chamada de Search Console, existe há mais de 10 anos (lançada em novembro de 2005). Inicialmente,  foi criada para ser uma ferramenta de sitemap, listagem de termos de busca e de erros encontrados. Com o passar do tempo, foi ganhando mais recursos para ajudar no monitoramento de problemas e entendimento do comportamento do site nas buscas Google. Obviamente, as primeiras versões do antigo Google Webmaster Tools tinham bem menos funcionalidades e, conforme surgiram mais necessidades dos administradores de sites, foi aos poucos se tornando o que é hoje, adaptando-se às transformações tecnológicas e ao comportamento dos usuários (adoção cada vez maior de dispositivos móveis e facilidade no acesso à Internet são alguns exemplos).

A penúltima interface do Google Webmasters Tools (e atual mais completa) foi lançada em agosto de 2012 – isso signfica que tivemos anteriormente telas diferentes (mais simples, correspondentes àquele momento da Web) e essa nova, divulgada na época, já tem mais de 5 anos em uso, apenas ganhando atualizações de recursos.

Em maio de 2015, a ferramenta foi renomeada para Google Search Console, nome que utilizamos até hoje, quase 3 anos depois. Ainda nesse mesmo mês, foi anunciado o suporte a aplicativos, liberando alguns recursos para monitorar a indexação de páginas nos resultados Google que levam para conteúdo interno de apps.

E, em agosto de 2017, uma nova interface é anunciada para um número limitado de usuários, criando grande expectativa nos webmasters em geral. Apenas 5 meses depois, janeiro de 2018, a versão beta do novo Google Search Console é aberta para todos os webmasters. Confira mais a seguir!

Novo Google Search Console Beta

É importante enfatizar que essa nova versão da ferramenta dos SEOs ainda é uma versão beta – isso significa que diversos recursos ainda devem ser utilizados na interface anterior (que continua disponível), pois ainda não foram migrados (e, sinceramente, tenho dúvidas se o Google trará todas as funcionalidades para a nova versão).

Em 2017, o Google escolheu aleatoriamente 400 usuários do Google Search Console que adminstram sites de diferentes tamanhos para que pudessem ajudar nas melhorias implementadas nesta nova versão, através de participação das iterações do novo design, testes de usabilidade, pesquisas e entrevistas para exploração de novos conceitos. Além disso, testes A/B foram realizados com a nova e anterior interface em 30 mil usuários. Para ajudar mais na elaboração da nova versão, o Google extrai informações registradas pelos usuários no Fórum de Ajuda para Webmasters (canal oficial para relatar dúvidas) e, também, da opção de enviar comentário diretamente da ferramenta (veja mais abaixo).

Recursos disponíveis no novo GSC

Novo Google Search Console Beta - Relatório de Cobertura do Índice

Segundo o Google, os recursos mais utilizados foram escolhidos para dar início a esta nova versão. Você encontrará as telas de:

  • Status
    • Desempenho (Search Analytics)
    • Cobertura do Índice (Erros de Rastreamento)
    • AMP
    • Postagem de Vagas
  • Sitemaps

Acima, é a hierarquia utilizada agora – entre parênteses, o nome na versão antiga do GSC para ficar mais fácil a compreensão. Importante dizer que a parte de relação de problemas detalha muito melhor o que foi identificado nas páginas, principalmente páginas excluídas do índice – se foi por motivo de 404, tag noindex encontrada (muito bom isso!), redirecionamento, bloqueio no robots, questões de tag canonical (show, hein?). Essas informações também estão disponíveis na análise do sitemap (4) fornecido e há botão para informar correção (3).

Ao checar em nível mais detalhado por URL, um menu lateral é aberto com opções de visualizar como é exibido nos resultados da pesquisa Google, testar se está bloqueado no robots.txt, buscar como o Google e enviar para o índice (1). Isso significa que vários recursos foram unidos numa tela só e são exibidos apenas quando se aprofunda em nível de detalhamento.

Novo Google Search Console Beta - Relatório de Erros AMP

Para AMP, também são relatados problemas encontrados e há botão para validação após realizar a correção. A validação é momentânea e, se não foi de fato corrigido totalmente, é exibida a mensagem: “Não é possível continuar o processo de validação. Foram encontradas páginas afetadas. Corrija o problema e reinicie a validação.“.

Sobre a postagem de vagas, o novo Google Search Console fornece relatórios de processamento de dados estruturados JobPosting. Como não administro sites de vagas, infelizmente não tenho mais informações para expor sobre esse relatório.

Novidades do novo GSC

Acredito que a principal novidade é o período disponível no relatório Search Analytics: na versão anterior, estávamos sempre limitados a 3 meses – isso signficava ser necessário um controle paralelo em planilhas caso se desejasse manter um histórico. Nesta nova versão, temos dados de busca de 16 meses! O Google promete liberar em breve esses dados na API do Google Search Console.

Para facilitar a interação entre membros da equipe, é possível agora compartilhar relatórios através de um botão Compartilhar exibido ao alto da página (2) – esse botão é exibido em nível mais profundo de detalhamento dentro dos relatórios. Essa funcionalidade pode ser ativada ou desativada – isso significa que um link para o relatório deixará de funcionar se a opção de compartilhamento for desativada posteriormente.

Sentiu falta de algo? Em breve…

Você encontra no Ajuda do Google Search Console uma explicação sobre ausência de relatórios, listando dois possíveis motivos:

  1. O relatório desejado ainda não foi migrado para a nova versão;
  2. Ainda não foi identificada uma melhor maneira de expor os dados no novo GSC –  o Google informa que não irá parar de fornecer dados importantes aos usuários, apenas está em análise uma nova e mais útil forma de exibir na ferramenta.

Forneça feedback do novo Search Console ao Google!

Nós, usuários do novo Google Search Console, podemos fornecer feedback ao Google sobre o que achamos dessa versão beta que nos está disponível.

  • Fórum de Ajuda para Webmasters – o fórum oficial do Google é uma maneira de tirar suas dúvidas com outros usuários qualificados, considerados como melhores contribuidores, e que se comunicam com o time de buscas do Google. Por ser um canal oficial de postagens de dúvidas, é um meio do Google saber quais são as principais dificuldades dos usuários.
  • Enviar comentário pelo GSC – no menu lateral esquerdo da nova interface GSC, você consegue enviar um comentário ao Google com captura da tela em questão que possui algo a relatar.
  • Enviar comentário pelo Blog – você pode deixar um comentário no Google Webmaster Central Blog na postagem sobre a nova versão do GSC.

Conclusão

Novo Google Search Console Beta - Relatório de Status do Índice

Primeiro, gostaria de citar que, conforme imagem acima, temos o novo Search Console em versão mobile!!! Já era tempo! Como o Google requer isso cada vez mais dos webmasters, é o mínimo que suas próprias ferramentas também seja suportadas por dispositivos móveis.

Acredito que a principal vantagem desta nova versão tão esperada do Google Search Console é relatório Search Analytics com dados de até 16 meses, relatório de páginas com noindex e questões de canonical, validação AMP e JobPosting para sites do nicho de vagas de emprego. Demais funcionalidades já existiam, mas ganham agora uma repaginada que pode tornar mais fácil nosso trabalho (não se esqueça de que foi fruto de testes de usabilidade), apenas levará um tempo para se acostumar.

Não recebi ainda versão nova para o Google Search Console de Apps, e nas comunicações do Google também não localizei informação que a ferramenta para aplicativos receberá essa nova interface.

Algumas funcionalidades ainda não temos no novo GSC, mas é uma questão de tempo e podemos continuar a usar a versão anterior, que estará ativa até que tudo seja migrado para a nova interface (segundo o Google). E você? O que achou da nova versão do Google Search Console?

Quer aprender mais sobre SEO? Confira:

Compartilhe mais este artigo de SEO!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *