Banner intersticial será penalizado pelo Google

10/Janeiro/2017: Intersticiais Intrusivos como Fator Negativo

Olá pessoal de SEO! O Google divulgou que dificultar o acesso ao conteúdo – a partir das buscas – por motivo de intersticiais intrusivos será agora fator negativo de ranqueamento.

Porém, o Google deixa claro que esse é um de muitos outros fatores levados em consideração em seu algoritmo para determinar o posicionamento de sites nos resultados de pesquisa. Isso significa que alguns sites que ainda permanecerem contra essa recomendação poderão continuar bem posicionados, afinal há “n” questões consideradas pelo algoritmo, válidas também para os concorrentes da SERP.

Banner intersticial “proibido”

Segundo o Google, atualmente a maioria das páginas da Internet já apresenta conteúdo legível em dispositivos móveis, diminuindo a necessidade de zoom para leitura de texto. Porém, uma prática ainda continua em utilização por alguns sites prejudicando o acesso ao conteúdo pelo usuário: banners intersticiais intrusivos.

Intersticial = relativo a interstício = espaço entre duas coisas.

Banner intersticial será penalizado pelo Google

Podemos resumir da seguinte forma: se houver algum banner que esconde uma boa parte do conteúdo – seja por completo ou acima da borda – será considerado com ponto negativo no cálculo do posicionamento de um site nos resultados orgânicos de pesquisa mobile. O Google  diz que o pop-up é mal visto tanto se for exibido imediatamente ao vir da pesquisa Google quanto se o usuário estiver olhando a página e então o pop-up surgir sobre o conteúdo.

Os casos acima serão considerados como fator negativo se estiverem na página acessada a partir dos resultados orgânicos de pesquisa. Porém, cuidado com essa informação: muitos sites poderão remover seus banners intrusivos da página inicial e deixar os intersticiais que estiverem em páginas internas – se essas páginas internas estiverem indexadas, a regra valerá para elas também se o banner surgir a partir do tráfego proveniente da SERP.

Banner intersticial “permitido”

Mas, há alguns casos particulares permitidos pelo Google: notificação de cookies, mensagens que alertam sobre algum tipo de conteúdo privado e que não é indexável (ex.: sites para maiores de 18 anos que notificam a idade mínima no intersticial) e banners facilmente dispensáveis – nesse caso, o Google exemplifica com os banners para instalação de aplicativo.

Banner intersticial permitido pelo Google

Desta forma, o teste de compatibilidade com dispositivos móveis não tem mais a checagem de intersticiais de instalação de aplicativos.

Quer aprender mais sobre SEO? Confira:

Compartilhe!

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *